A doença da Lady Gaga

Nos últimos anos, uma notícia deu um chock nas diversas mídias e portais ao redor do nosso planeta. Lady Gaga, uma das maiores referências da música pop atual, estaria se tratando de um problema sério e exaustivo que afetava diretamente suas incríveis performances e shows. Esta noticia veio carregada de muita apreensão pelos fãs e seguidores da famosa, pois os sintomas eram desagradáveis ( não que exista uma doença com sintomas legais, rsrsr), e estas mesmas eram iguais à outros problemas, não existia uma distinção notável,  um problema conhecido como FIBROMIALGIA.

Você sabe o que é Fibromialgia?

A fibromialgia ou síndrome da fibromialgia é uma síndrome com uma vasta coleção de sintomas. O nome é derivada do latim “fibro”, tecidos fibrosos; “mio”, relacionado à músculos e “algia”, relacionado à dor. É uma condição crônica, encontrada mais em mulheres geralmente, que causa dor musculoesquelética, ternura e rigidez em diferentes partes do corpo, bem como problemas de sono e fadiga.

Muitas vezes, as pessoas observam que a fadiga é o aspecto mais embaraçoso da fibromialgia, pois pode afetar o humor, a concentração, a memória e a capacidade de pensar de forma desobstruída. Outros sintomas incluem o seguinte:

  • Dor de cabeça;
  • Problemas comuns;
  • Síndrome do intestino irritável;
  • Problemas de circulação sanguínea e formigamento nas periferias (membros, pele);
  • A necessidade urgente de urinar;
  • falta de jeito;
  • alergias.

Diagnóstico da Fibromialgia

Atualmente, não há teste para diagnosticar fibromialgia e muitas pessoas na condição têm exames de sangue, resultados de raios-X e ultra-som normais. No entanto, um médico ainda pode querer realizar esses testes para excluir a possibilidade de outras condições que possam causar os sintomas.

Até recentemente, o diagnóstico baseava-se na ternura em certas partes do corpo, mas em 2010, as recomendações foram atualizadas para informar que o seguinte deve ser levado em consideração:

 

  • Ao sentir dor no corpo por mais de três meses;
  • Problemas cognitivos como: dificuldade na compreensão e falta de memória;
  • Sono e fadiga.

O que fazer?

Em caso de identificação com o que foi descrito acima, procure um profissional da saúde.  Evite auto-medicação click aqui e realize exercícios físicos, de preferência acompanhada(o) por um profissional.

Fonte: https:/www.news-medical.net