Mexer no celular dá câncer? veja o motivo

Celular dá Câncer?

Há muito tempo, desde quando estava na minha infância, minha mãe sempre me alertava sobre o uso do celular ou computador, pois poderia dar um câncer e poderia acabar com a minha vida (Se você já passou por isso, deixe ai nos comentários 😉 ).

Francamente, nunca concordei com essa tese. Aliás como poderia um aparelho tão amistoso me causar tanto mal?  E a partir desta fagulha em forma de questão, trouxe neste poste o que se tem de comprovação do assunto, através de estudos e pesquisas relacionadas (deixarei a fonte caso lhe interessem).

 

3d render of no cell phone sign isolated on white background

Mas assim, a grande realidade é que o Celular pode sim causar câncer. Mas calma, é de forma indireta.

Quando o assunto é quantidade de telefones fixos e móveis, a pesquisa pela Abert revelou que o Brasil continua acima da média mundial. Enquanto existem 138 telefones para cada 100 brasileiros, há 115 aparelhos para cada 100 habitantes no mundo. E isso se reflete na qualidade da saúde do cidadão brasileiro.

Segundo o IBGE, o tempo gasto em comportamentos sedentários está fortemente relacionado ao aumento do risco de se contrair doenças, havendo múltiplas evidências de que o número de horas diárias que o indivíduo despende vendo televisão (os aparelhos celulares se incluem neste trecho) aumenta sua exposição à obesidade e, consequentemente, a outras doenças; dentre elas o câncer, que juntamente com as doenças cardiovasculares, diabetes, enfermidades respiratórias crônicas e doenças neuropsiquiátricas, têm respondido por um número elevado de mortes antes dos 70 anos de idade e perda de qualidade de vida, gerando incapacidades e alto grau de limitação das pessoas doentes em suas atividades de trabalho e de lazer.

Em 2013, a Pesquisa Nacional de Saúde estimou que 1,8% das pessoas de 18 anos ou mais de idade (2,7 milhões de adultos), referiram diagnóstico médico de câncer no Brasil.

Claro, isso não indica que você precise jogar seu celular no lixo, Calma e Foco!.

A prática regular de exercícios físicos ou esportes é considerada como fator de proteção à saúde das pessoas. O nível recomendado de atividade física no lazer é de, pelo menos, 150 minutos semanais de atividade física de intensidade leve ou moderada ou de, pelo menos, 75 minutos de atividade física de intensidade vigorosa.

Ou seja, o grande problema não é o celular em si, mas um grande conjunto de fatores contribuintes como, a realização de atividades físicas, e também demais características celulares do nosso corpo.

OBS: A Organização Mundial da Saúde diz que o celular pode (isso mesmo, “pode”) causar câncer, mas relacionado a interferências diretas do aparelho no corpo. No entanto, à estudos que conflitam este ponto de vista, não discordando, mas restringindo o assunto.

Veja mais sobre o Câncer:

Causas do câncer

Câncer de Mama

Fontes:

http://www.abert.org.br

ftp://ftp.ibge.gov.br/PNS/2013/pns2013.pdf