Incrível! Segredos milenares da Agricultura

Grup.cf
Seja muito Bem-vindo(a)! Compartilhe conhecimento.

A influência da lua sobre as plantas é conhecida pelos agricultores desde a antiguidade, pois o sucesso das culturas depende da melhor altura para semear/plantar. Usando este conhecimento é possível trabalhar com o ritmo da Natureza e usá-lo em beneficio da plantas.

Em traços gerais, a influência da lua baseia-se em dois princípios: a diferença de luminosidade, segundo as fases da lua; e a força de gravidade e a atração que exerce sobre os líquidos (neste caso a seiva das plantas).

Confira agora, as fases da lua e seus respectivos benefícios:

  • Lua Minguante:

Nesta fase é pouca a influência da lua sobre a terra. É provável que esta força seja insignificante. A energia ou força contida na terra, tende a descer.

Na prática, observando o comportamento das hortaliças, concluiu-se que nessa fase, é mais apropriado plantar raízes.  Pois, a planta ao germinar, primeiro força seu enraizamento, demorando mais para nascer. Isto acaba resultando à planta um pequeno porte, no entanto, com raízes mais desenvolvidas.

Quanto à seiva, a planta absorve menos quantidade de seiva no caule, nas folhas e nos ramos. Esta deficiência em adsorção, torna a cultura mais resistente a pragas, com mais durabilidade, cominado com sua excelente cicatrização.

  • Lua Nova:

Nesta fase, a lua começa exercer influência sobre a Terra, a seiva (sangue da planta), manifesta-se em maior quantidade no caule, em direção aos ramos.

As plantas têm baixa resistência às pragas “ganham muita rama e não produz em nada”, sendo a sementeira ou o plantio muito desaconselhado. Caso se semeie ou plante, deve ser com vista ao aproveitamento das folhas, exceto as verduras com excesso de folhagem.

  • Lua Crescente:

Ao contrário da lua minguante, o período crescente da lua, é a época ideal para plantar ou semear tudo o que se desenvolve acima do solo (hortaliças e frutos). Nesta fase, a lua exerce uma influência muito boa sobre as plantas, já que a seiva está presente em maior quantidade no caule, nos ramos e nas folhas.

Durante esta fase, deve ser feita a enxertia das espécies fruteiras que produzem flor temporã, e também, a preparação do solo com compostos e cobertura vegetal.

  • Lua Cheia:

Na lua cheia, a seiva concentra-se na copa das plantas e nos brotos (ramos e folhas). Esta fase é boa para colheitas, pois os frutos ficam mais suculentos.

No entanto, deve-se evitar as sementeiras e plantios. Caso não seja possível, pode-se plantar repolho, couve-flor, alface, chicória; mas só no início da fase.

Agradecimento Especial: Aline Rangel.

Veja mais: Click aki para ver a segunda parte. 😉