Geometria Espacial: A brincadeira do cone e o cilindro

[su_box title=”Grup.cf” style=”soft” box_color=”#d30908″ radius=”5″]Seja muito Bem-vindo(a)! Compartilhe conhecimento.[/su_box]

Geometria Espacial

é uma matéria muito interessante e importante para a maioria das profissões. No entanto, sua compreensão é, de certa forma, confusa e atormentadora, pois trabalha com estonteantes fórmulas estruturais.

Com base no que eu vinha estudando, elaborei um pequeno esboço sobre uma das principais e importantes dicas sobre como obter essenciais informações de um objeto, que no caso é o cone, utilizando um outro objeto; o cilindro.

OBS: questões como esta caem muito no ENEM!

Observe a descrição a seguir:

O cilindro e o cone são figuras geométricas muito semelhantes. Ambos podem conter altura e diâmetro iguais, portanto, a estrutura e o volume são diferentes. O volume do cilindro é três vezes maior que a do cone, isto pode ser explicado pela estrutura da figura, uma forma com duas bases.

O cone pela sua forma afunilada, possui menos área e, assim, menos volume. Observe a imagem:

O mais interessante sobre estas figuras geométricas, é que o volume de um cone, pode equivaler a um terço, do volume de um cilindro. Esta imagem representa que os resultados dos volumes são comprovadores desta tese. O volume do cone 56,52 cm é equivalente a um terço do valor 169,56 cm encontrado no cilindro.

MAIS CONTEÚDOS:

[su_posts tax_term=”2″ tax_operator=”0″ author=”Alisson” order=”desc”]